terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Economizar dinheiro: reveja hábitos de consumo


Nem sempre é fácil economizar dinheiro, mas é mais uma questão de nossas prioridades do que apenas um jogo de números. Em vez de adiar a poupança até que você alcance certos Marcos como esse próximo aumento, fazer o seu futuro de necessidades mais importantes do que o que você quer hoje.
Veja se você pode fazer alguns dos ajustes seguintes para a sua gestão financeira pessoal e ver as economias começarem a acontecer, isso tudo sem deixar de pagar sua segunda via da sabesp.

Reveja os seus hábitos de consumo


Marque uma data agendada a cada semana para verificar suas finanças e fazer um orçamento para suas despesas. É a chave para todo planejamento financeiro inteligente, e você pode usar essas planilhas para orientar seus gastos e hábitos de poupança. Certifique-se de rastrear seus gastos reais todas as semanas também, para que você saiba como você está rastreando contra o seu orçamento.
Corte essas despesas extras. Pinte suas próprias unhas dos pés em vez de ir ao salão, faça Café em casa ao invés de comprar café para fora, reduza a quantidade que você vai Jantar fora. Só isso pode te guardar mais de 100 reais ou mais por mês.
Junte seus compromissos em uma longa e maciça viagem por semana, a fim de economizar em custos de combustível. Use a biblioteca em vez da livraria. (Sim, a Biblioteca emprestada Kindle conta!)
Evitar gastos emocionais, como comprar um "doce" quando você está chateado. Outras maneiras é tentar fazer muita coisa em casa, seja sua comida, seu café, tomar cerveja, encontrar amigos e muito mais, você com certeza sentirá sua conta ficando mais larga e sobrando algum dinheiro no final do mês.


Como guardar dinheiro para viajar sem ter dinheiro


Então, quer viajar pelo mundo. Quer sair da sua bolha, conhecer novas pessoas, experimentar um mundo completamente diferente do teu. Você quer beber de um coco, alcançar novas alturas caminhando entre as nuvens, dançar a noite fora em um bar de salsa, falar até o sol nascer com alguém que você conheceu apenas algumas horas antes.
Mas não tem dinheiro para isso.
E não fazes ideia de pode arranjar.
Deixa-me ajudar... tenho guardado dinheiro para viajar desde os 16 anos. Caminhei até Machu Picchu, me banhei nas praias em Zanzibar, experimentei charutos em Cuba e apaixonei-me pela Colômbia. Tenho amigos que me dizem estou sempre sem dinheiro, riem de mim por comer o mesmo alimento dia após dia durante meses.
Mas depois vou me embora, e estou a conhecer o mundo, e eles ainda estão em casa na sexta à noite enquanto eu estou a uma semana num acampamento de surf no Panamá tendo aulas de surf, jantares de lagosta frescos e tudo.
Esta é a primeira coisa a fazer quando você começa sua jornada salvadora. Por uma semana, escreva cada centavo que gastar. E com o que gasta. Em seguida, obtenha alguns marcadores bonitos (mas não compre, faça-os) e destaque que são necessidades e o que não são.
Então, torne-se obsessivo em relação a esses desejos. Agora tem um desejo diferente. Você tem cervejas em praias, cursos de mergulho, caminhadas para Machu Picchu, viagens para a Amazônia, uma multidão de alegria que lhe trará mais felicidade do que outro sapato. Acredite – as memórias vencem esses mimos.
Olha para os teus hábitos. Neste mundo de moda rápida e consumismo, o mundo está dizendo para você gastar, mas em vez de ter uma mentalidade onde você compra uma roupa nova para cada ocasião social, vá a lojas de caridade ou pedir emprestado de seus amigos.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Criação de pastas e a melhoria de organização no seu email


Você lança um grande projeto no trabalho, conclui uma tarefa complexa no prazo ou encontra uma solução para um problema contínuo, mas nenhuma dessas realizações é tão gratificante quanto o raro momento em que a caixa de entrada do seu e-mail está vazia.
Há boas notícias: alcançar a caixa de entrada zerada não precisa ser uma ocorrência rara. Tire proveito desses recursos, por vezes negligenciados, do Outlook 365 para organizar melhor seus e-mails e começar a se concentrar em tarefas mais importantes.

Mover e-mails complexos e não críticos para uma pasta de tarefas pendentes


No Outlook 365, você pode criar uma estrutura de pastas para organizar emails. Muitas pessoas usam a estrutura de pastas para arquivar e-mails, mas as pastas também são uma ótima maneira de gerenciar e-mails recebidos como tarefas e tirá-los da exibição da caixa de entrada. 
Vamos usar essas pastas para fazer uma triagem por email, organizar a caixa de entrada confusa e superar a sobrecarga de email.
Para fazer isso, crie três novas pastas na pasta da caixa de entrada. A primeira é uma pasta de coisas para fazer e a segunda e terceira são subpastas chamadas organização e outra de itens a longo prazo. 
Agora você tem quatro pastas para e-mails recebidos, e você pode usar todos os quatro para gerenciar suas tarefas e manter sua caixa de entrada limpa.
Quando novos e-mails chegam, mova-os para a pasta apropriada:
·        Caixa de entrada - os únicos emails que permanecem na sua caixa de entrada são aqueles que você deve responder imediatamente. Eles são urgentes ou podem ser tratados rapidamente (em três minutos ou menos).
A paste de coisas para fazer é simples, basta que arraste e-mails não urgentes e e-mails que exigirão mais de uma resposta para sua pasta pendente. Você acompanhará esses itens mais tarde, mas movê-los imediatamente manterá sua caixa de entrada vazia enquanto você processa os e-mails.
Mova os e-mails para esta pasta que são colocados em espera. Coisas como respostas que você está esperando para receber ou tarefas que você delegou.


Como fazer o uso do Outlook? Para iniciantes!


O Outlook organiza seus e-mails, calendários, contatos, tarefas e listas de tarefas, tudo em um só lugar. Essa organização começa com sua conta de e-mail. A partir daí, você pode começar a trabalhar com e-mails, transformando-os em tarefas ou compromissos, e armazenando informações sobre as pessoas com as quais interage em seus contatos para nunca precisar lembrar um endereço de e-mail ou um número de telefone. Vamos dar uma rápida olhada em algumas tarefas básicas.

Como iniciar o uso?

Sua primeira ação é configurar sua conta do Outlook. Depois disso, você estará pronto para começar a receber e enviar e-mails, usar o calendário, criar contatos e trabalhar com tarefas do Outlook.  
A instalação é automática se você usou uma versão anterior do Outlook no mesmo computador. Caso contrário, a configuração da conta automática será iniciada na primeira vez que você iniciar o Outlook e orientá-lo no processo.
Você terá que preencher seu nome, endereço de e-mail e uma senha. Isso geralmente é o suficiente, mas se a configuração automática falhar, o Outlook solicitará mais algumas informações, como o nome do servidor de email. Se você não tiver essa informação, seu provedor de e-mail poderá fornecer os detalhes.

Barra de acesso rápido

A barra de acesso rápido é uma parte importante da sua experiência do Outlook. E é uma maneira fácil de se mover entre os principais recursos do Outlook - Mail, Agenda, Pessoas e Tarefas. A barra é uma adição às guias e fitas padrão que fornecem uma variedade de ferramentas e opções para ajudá-lo a usar e gerenciar o Outlook.
Geralmente localizada na parte inferior da janela do Outlook, a barra de acesso rápido mostra, dependendo das configurações selecionadas, os nomes dos botões (imagem à esquerda) ou os ícones (imagem à direita) associados aos nomes dos recursos.

Adicionar uma assinatura de email a mensagens

Crie assinaturas personalizadas que aparecem na parte inferior de suas mensagens. As assinaturas podem incluir texto, imagens, seu Cartão de Visita Eletrônico, um logotipo ou até mesmo uma imagem de sua assinatura manuscrita.

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Carteira Masculina: como escolher a sua?


Escolher a carteira certa é muito importante. Afinal de contas, as carteiras são itens que necessitamos praticamente quase todos os dias.
Mas como escolher a certeira masculina certa para você? A seguir, trazemos algumas dicas que vão facilitar muito essa decisão!


1. No momento de escolher sua carteira, atente-se para as diversas dimensões que esse item possui

Cada pessoa tem um tipo favorito de carteira. Alguns preferem carteiras menores e com espaço para colocar apenas os itens essenciais: cartões, dinheiro e algum documento.
Outros, ao contrário, preferem aquelas carteiras que apresentam muito espaço em seu interior para armazenar os mais diversos itens e objetos.
Por isso, no momento de escolher sua carteira é importante ter consciência de qual modelo de carteira mais satisfaz suas necessidades.

2. Espaço para moedas

Ninguém gosta de carregar muitas moedas na carteira. Afinal de contas, quando elas se acumulam geram um volume muito incômodo.
Porém, é quase impossível escapar delas. Onde quer que você vá provavelmente receberá como troco algumas moedinhas.
Assim, é importante uma carteira possuir uma divisória especificamente para guardar moedas.
Além disso, verifique se a divisória apresenta um zíper ou botão para deixar as moedas bem armazenadas no interior. Afinal de contas, tudo mundo detesta ter que ficar catando moedinhas caídas no chão.

3. Atente-se para o material que a carteira é fabricada

O material de fabricação da carteira também é um ponto muito importante que deve ser levado em consideração no momento de você escolher sua carteira.
Uma dica de um material que é atemporal e muito durável é o couro. A carteira masculina de couro é um item que consegue agradar muitos homens.

4. O fechamento ideal

Outro ponto que deve ser levado em conta é a sua preferência pelo tipo de fechamento da carteira.
Uma carteira pode apresentar basicamente dois sistemas de fechamento diferentes: por meio de um zíper ou por meio de um botão.
O zíper oferece maior proteção para todos os itens que você carrega junto na sua carteira. Porém, ele peca na praticidade.
Já o botão oferece uma maneira mais prática para abrir e fechar sua carteira, porém ele é incapaz de proteger todos os itens que estão na carteira de uma eventual perda.
Ademais, há também os tipos de carteira que não apresentam nenhum fechamento. Esse modelo tem sido escolhido por um número cada vez maior de pessoas principalmente devido à sua praticidade.

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Quais os tipos e usos do arame farpado?


O arame farpado é um tipo de arame feito de aço e utilizado para o cercamento. O arame farpado tem uma história muito interessante, pois ele foi criado ainda no século XIX e se popularizou bastante nos Estados Unidos.
Foi nesse país que ele acabou adquirindo o uso que é popular até nos dias de hoje. Ele era muito utilizado nos campos, com o objetivo de cercar animais e impedir a fuga.


Arame farpado é o mesmo que concertina?

Algumas pessoas acreditam que arame farpado e concertina são a mesma coisa. Por isso, é importante destacar que os dois, apesar de apresentarem farpas, não possuem o mesmo objetivo.
O arame farpado é utilizado para a construção de cercas. Já a concertina tem um objetivo mais intimamente relacionado à proteção contra invasão. Assim, apesar de ambos apresentarem as farpas, cada um cumpre um objetivo específico.

Qual tipo de arame farpado escolher?

É importante destacar que o arame farpado está presente em diversas variedades. Para escolhê-lo é importante se atentar para o uso que você vai dar a ele. Abaixo, destacamos a linha de arame farpado da Gerdau e o uso apropriado para cada um deles:
·         Arame farpado potro: indicado para cercamentos de animais que não submeterão o material a uma força muito grande;
·         Arame farpado Elefante: indicado para “elefantes”, ou seja, animais pesados e que podem infligir grande força sobre a cerca;
·         Arame farpado Gil: indicado para o cercamento de animais de pequeno porte tanto em áreas urbanas como rurais;
·         Arame Farpado Touro: esse arame passa por um tratamento especial de galvanização. Dessa maneira, ele é indicado para áreas litorâneas ou muito úmidas, uma vez que o aço galvanizado possui uma proteção extra contra a deterioração;
·         Arame Farpado Zebu: indicado para as áreas em que o acesso para a construção da cerca é dificultado. Ele apresenta alta resistência a impactos e conta possui fios médios e farpas entrelaçadas por dentro e por fora.
É interessante notar que uma das principais razões da popularização do arame farpado foi em razão de seu baixo custo. Com seu advento se tornou muito mais fácil e prático realizar o cercamento de áreas do campo. E essa característica se mantém até hoje!


terça-feira, 17 de julho de 2018

A azia: um problema mais comum do que se imagina

Apesar de seu nome, a azia não tem nada a ver com o coração. Alguns dos sintomas, no entanto, são semelhantes aos de um ataque cardíaco ou doença cardíaca.  Azia é uma irritação do esôfago que é causada por ácido do estômago. Isso pode criar um desconforto ardente no abdômen superior ou abaixo do osso do peito.

Com a ajuda da gravidade, uma válvula muscular chamada esfíncter esofágico inferior, ou LES, mantém o ácido gástrico no estômago. O LES está localizado onde o esôfago encontra o estômago - abaixo da caixa torácica e ligeiramente à esquerda do centro. Normalmente ele se abre para permitir que o alimento no estômago ou para permitir arrotos e, em seguida, fecha novamente. Mas se o LES abre com muita freqüência ou não fechar suficientemente apertado, o ácido do estômago pode voltar e causa o refluxo, ou infiltrar, para o esôfago e causar a sensação de queimação.


 A Azia ocasionalmente não é perigoso, mas azia crônica ou doença de refluxo gastroesofágico às vezes pode levar a problemas sérios.
 Azia é uma ocorrência semanal para até 20% dos americanos e é muito comum em mulheres grávidas.

A causa básica da azia é um esfíncter esofágico inferior, ou LES, que não se fecha como deveria. Dois excessos muitas vezes contribuem para este problema: demasiada comida no estômago (comer demais) ou pressão excessiva sobre o estômago (freqüentemente de obesidade, gravidez ou constipação).

Tratamento natural para a azia


Certos alimentos geralmente relaxam o LES, incluindo tomates, frutas cítricas, alho, cebola, chocolate, café, álcool, produtos cafeinados e hortelã-pimenta. Refeições ricas em gorduras e óleos (animais ou vegetais) muitas vezes levam a azia, como fazer certos medicamentos. Estresse e falta de sono podem aumentar a produção de ácido e pode causar azia. E fumar, que relaxa o LES e estimula o ácido do estômago, é um contribuinte principal.

Se você possui esse problema, é de suma importância que leia o Livro Vencendo a Azia.

Como prevenir a azia

A alimentação adequada e o controle do nível de estresse são algumas das atitudes que podem ter verdadeiros resultados em quem tem azia frequente. No entanto, é preciso ir aos poucos e saber que alimento comer para conseguir fazer com que o estômago fique básico e não cause estas voltas de comida que podem atrapalhar e te causar quase uma indigestão. 

Diferença entre azia e gastrite

É preciso ter certeza se o diagnóstico do paciente é de azia ou de gastrite. Afinal, elas tem diferenças. No caso da azia é somente a volta do alimento e uma acidez excessiva no estômago, sem se caracterizar como uma doença, mas uma situação passageira. Ao contrário disso, o refluxo e úlceras pépticas são aquelas que provocam a volta do alimento e podem causar situações gástricas mais graves por conta do sangramento estomacal.

As azias podem ser um fator que acaba se desenvolvendo para o refluxo ou gastrite. Ambos são controlados com uso de remédios específicos. Para entender mais sobre estas doenças estomacais confira mais detalhes no site especialista em saúde Nursing.com.