sexta-feira, 13 de agosto de 2021

Vale a pena investir em marketing digital?

O mundo tem se tornado cada vez mais digital com o passar dos anos, as empresas precisam se adaptar a nova realidade e adotar estratégias de marketing digital em seu negócio. Independente do segmento da organização, trabalhar com o marketing digital é essencial para garantir resultados positivos e promissores.

Atualmente, a maioria das pessoas tem acesso à internet e buscam realizar a maioria das suas tarefas diárias, principalmente se tratando de trabalho, estudo ou algum tipo de lazer, por meio da internet. As redes sociais tornaram-se um grande aliado das pessoas, seja apenas para navegar e passar o tempo, ou até mesmo para buscar informações e se manter atualizadas do que acontece no mundo e pessoas ao redor. Além disso, essas mesmas pessoas sempre estão postando o que fazem no dia a dia, seja por vídeo, foto ou simplesmente um texto, elas sentem essa necessidade.

Então, nada mais justo que aproveitar essa oportunidade a seu favor e aprender a como fazer marketing digital em cima disso.

Isso vale também para microempreendedores individuais, pequenas empresas, médias empresas ou as grandes empresas, todos os empreendedores que possuem algum um negócio que fornece algum tipo de produto ou serviço, deve investir em marketing digital sem pensar duas vezes.

Por isso, continue lendo esse artigo até o final pois explicaremos como tudo sobre o marketing digital e também dá aqueles que pensam em investir algumas dicas de marketing digital para ampliar ainda mais seu negócio. 

 

Mas o que é o marketing digital?

O marketing digital é um conjunto de estratégias que pessoas e empresas utilizam nas plataformas digitais para impulsionar seu negócio, suas vendas e atingir mais seguidores e/ou potenciais clientes.  Além disso, o marketing digital também planeja e executa ações para engajar e fidelizar esses clientes depois de atraí-los.

Esse é um dos métodos mais poderosos para quem deseja de fato alcançar o sucesso da sua marca, ficar conhecido entre o público e se tornas referência.

Não pare de ler, para entender direitinho como funciona o marketing digital.

 

Marketing Digital: Como funciona?

Como já falamos um pouco sobre o significado de marketing digital, vamos entender agora como fazer marketing digital.

Investir em marketing digital atualmente não é mais uma possibilidade, é algo que deve ser visto como obrigatório, podemos dizer que nenhum tipo de empresa sobrevive nos dias hoje sem uma estratégia de marketing digital disponível.

É necessário engajamento da sua marca, interação com o público, divulgação por meio de publicidade, impulsionar seja de forma paga ou orgânica para que o seu conteúdo atinja o maior número de usuários possível. Além disso, é fundamental fazer análise de métricas para saber se o seu serviço ou produto está chegando da forma correta aos consumidores, por meio de campanhas e anúncios.

É preciso utilizar de forma assertiva para que de fato valha a pena todo o esforço, potencializando resultados positivos. Usar o ambiente digital de forma estratégica e otimizada, utilizando os mecanismos de buscas para marcar presença quando uma pessoa for fazer buscas sobre determinado assunto.

Falando em utilizar as estratégias de marketing digital de forma correta, muitas empresas adotam esses métodos, mas não sabem como usá-las. Assim, todo o trabalho vai por água a baixo.

Para que o marketing da sua empresa realmente funcione, é indispensável investir em uma agência de marketing digital ou empresa de marketing digital,  pois profissionais que atuam nesse segmento vão estudar e fazer pesquisas sobre seu negócio, entenderão como sua empresa funciona e qual o melhor caminho trilhar pra conseguir mais clientes e mais vendas.

Esses profissionais nós chamamos de analista de marketing digital, são eles que farão todo esse trabalho e adotaram as estratégias de marketing digital necessárias para que você tenha um ótimo retorno.

Continue lendo, ainda não acabamos. Vamos conhecer agora alguns benefícios do marketing digital.

 

Vantagens de investir em marketing digital

Quem investe em marketing digital se depara com uma das vantagens que é o custo-benefício, já que se tornou uma das metodologias mais usadas e fundamentais para qualquer tipo de negócio, além de ser uma das mais úteis e que apresenta os melhores resultados. Tudo isso sem desembolsar valores tão altos.

Outro benefício são as análises, estatísticas que são fornecidas e estão ao seu dispor a qualquer momento que quiser consultar. Esse é o ponto chave para traçar metas mais assertivas e que trarão retornos maiores

Por meio dessas informações, a empresa consegue visualizar o que está caminhando conforme o planejado e o que não tem dado tão certo e pode ser descartável. O relacionamento com o cliente melhora a partir do ponto que você entende suas necessidades, com essas avaliações a empresa consegue ver o que o usuário está acessando e clicando, entendendo assim qual a sua real “dor” e passa a disponibilizar conteúdos que vão saciar essa demanda.

quarta-feira, 14 de julho de 2021

Dicas de decoração para quarto de bebê e infantil

Saber que um bebê está a caminho é uma notícia maravilhosa. Uma das coisas que mais dá prazer é arrumar o quarto do bebê e comprar suas roupinhas.

É bastante comum, nessa hora, os pais terem muitas dúvidas sobre o que comprar e quais os acessórios para o quarto do bebê. Com tantas opções no mercado, fica bem difícil saber o que adquirir para o bebê.

Para os pais que não sabem nem por onde começar, nós vamos dar uma ajudinha! Neste artigo, vamos falar sobre os itens indispensáveis em um quarto de bebê e sobre como montar um ambiente ideal para receber o seu bebezinho.

Veja algumas dicas de como montar um quarto de bebê:

 

1 – Tema

Muitas mães gostam de escolher um tema para o quarto de bebê. Saiba que essa é uma ótima opção, pois ajuda muito na decoração e na combinação de objetos.

Porém, é preciso tomar muito cuidado para o quarto não ficar repleto de coisas repetitivas. O ambiente pode estar decorado, mas precisa ser, principalmente, um ambiente agradável e leve para receber o bebê.

Os temas podem ser escolhidos de acordo com os personagens da Disney, Liga da Justiça, Transformers, Guardiões da Galáxia, Meninas Super Poderosas, entre outros temas conforme sua imaginação.

 

2 – Cor da parede

Algumas pessoas ainda preferem, se for menina, decorar na cor rosa, e se for menino, na cor azul, nesse caso, o ideal é aguardar até saber se vai ser uma menina ou menino, porém isso não é regra e a cor da decoração fica de acordo com o gosto de cada pessoa.

Mas se você não quer usar nenhuma dessas cores, a opção é escolher cores neutras, e os tons pasteis são excelentes para criar um ambiente relaxante, agradável e moderno.

As cores fortes devem ser usadas somente em alguns utensílios, como enfeites e prateleiras, devido à sensibilidade dos pequenos.

                                                  

3 – Cortinas

As cortinas para o quarto de bebê não necessariamente devem acompanhar as cores da parede, porém devem ser em tons claros. Mais uma vez, os tons pasteis são ótimas opções., podemos citar cores como lavanda, verde pistache e cinza, que ajudam a relaxar.

 

4 – Papel de parede:

Se não quiser pintar, você tem a opção de colocar um papel de parede. As lojas têm diversas opções de papel de parede para quartos infantis. Outra ideia é utilizar o papel de parede somente em determinados lugares. Você pode utilizá-lo em alguns detalhes da parede, como uma faixa, ou colocar a estampa em apenas uma das paredes e não em todas elas.

 

5 – Móveis

 O quarto de bebê não precisa de muitos móveis. A sugestão é ter um berço, um guarda-roupa e uma poltrona de amamentação. Invista em móveis versáteis, os quais podem acompanhar o desenvolvimento do bebê.

Para o berço, invista em um que tenha opções de altura e que também possa virar cama, pois assim você não precisará comprar outro berço tão cedo.

Você também pode comprar um jogo de berço. Esses itens servem para evitar que o bebê prenda as mãozinhas e perninhas nas grades do berço.

Não compre um guarda-roupa muito pequeno, pois o bebê vai crescer e as roupas também vão aumentar de tamanho. Porém, se o orçamento estiver apertado, você pode investir, inicialmente, em uma cômoda.

A poltrona de amamentação também é outro item muito importante, pois dá conforto e tranquilidade para a mãe e para o bebê. No entanto, se você não quiser adquirir uma poltrona de amamentação, outra sugestão é comprar uma almofada de amamentação, que também é confortável na hora de amamentar o bebê.

 

6 – Roupinhas

Além de se preocupar com a decoração do quarto, você também precisa fazer as compras das roupinhas para o bebê. Você pode comprar roupinhas no tamanho recém-nascido e no tamanho P, pois, dependendo, o bebê pode começar usando direto o tamanho P.

Não esqueça de investir também em uma mochila de maternidade, já que ela deverá ser usada para carregar os utensílios do bebê. Ter uma manta para bebê também é muito importante para você usar durante o tempo em que estiver na maternidade.

 

7 – Roupas de cama

Após comprar o berço, é hora de pensar nas roupas de cama. Você pode comprar lençóis que combinem com as cores do berço ou da parede. O cobertor para o bebê também pode combinar com a cor do berço e da parede.

As toalhas para bebês devem receber uma atenção especial. Os bebês têm uma pele muito delicada, portanto prefira tecidos 100% algodão. E não esqueça: a toalha deve ser com touca para manter a cabeça aquecida.

 

8 – Segurança

Priorize a segurança! Retire itens nos quais o bebê possa escorregar ou que ele possa derrubar. Nos cantos dos móveis, você pode colocar cantoneiras protetoras de quina.

Agora que você já sabe como montar um quarto de bebê, basta começar a arrumar o quartinho do seu bebê!

sexta-feira, 28 de maio de 2021

Quais os benefícios do lego para o desenvolvimento das crianças?

Aposto que quase todo mundo já brincou pelo menos uma vez com o brinquedo lego, aquelas pecinhas de montar marcaram e continuam marcando gerações e se nunca brincou, com certeza já pisou em uma. Existem diversos modelos que chamam a atenção de pessoas de todas as idades, inclusive, podem até ser colecionados. 

Bom, mas o que você não sabe, é que além de causar uma dor absurda no nosso pezinho, também é uma ótima alternativa para o desenvolvimento das crianças e é sobre isso que vamos falar hoje.

 

duas crianças brincado com peças Lego

O que é lego? 

Lego é um brinquedo, com diversas peças coloridas que se encaixam por meio de pininhos, que possibilitam às crianças desenvolverem diversas habilidades, como por exemplo a criatividade. Existem inúmeras combinações de peças. 

É um brinquedo que foi criado na Dinamarca em 1934 e desde então, só vem mostrando quão importantes são. A empresa chegou no Brasil nos anos 80, mas só conseguiu se expandir no início dos anos 2000. 

Hoje é uma empresa gigantesca, conta com mais de 10 mil colaboradores e está presente em mais de 140 países, inclusive com expansão pela América Latina inteira, com parcerias e acordos com Harry Potter, Star Wars, Jurassic Park, Marvel, Senhor dos Anéis e Indiana Jones, por exemplo. 

De acordo com a própria companhia, essas peças estimulam o aprendizado, a diversão, a criatividade e a imaginação. As idades do brinquedo variam de 1 a 16 anos, mas é claro que você, papai e mamãe podem brincar também, mesmo porque foi lançada uma linha para adultos. Mas nosso foco hoje é falar dos benefícios para as crianças.

 

Vantagens dos blocos de montar lego 

Primeiro de tudo, é importante ressaltar que com esse tanto de tecnologia de hoje, com esse mundo onde tudo é digital, as crianças já nascem com um tablet na mão, mas os pais esquecem que diversas funções que são extremamente importantes para o desenvolvimento de seus filhos, são iniciadas e criadas nos primeiros anos de vida. Por isso é importante dar brinquedos reais, que não estejam atrás de uma tela, levar seus filhos para um parquinho e incentivar o contato com outras crianças. 

Dito isso, o jogo de lego tem diversos pontos positivos para o desenvolvimento dos pequenos. Ele ajuda no desenvolvimento das habilidades motoras finas, ou seja, estará usando pequenos músculos, como os presentes nas mãos. Aprendem o movimento de pinça com os dedos, manuseiam e manipulam as peças. Isso pode ser um grande diferencial na hora que ela for aprender a escrever. 

Outro benefício de brincar com lego é o raciocínio sobre as peças que melhor se encaixam e onde se encaixam para que ela consiga montar o que quiser, como deve ser o tamanho da peça, basicamente desenvolve o raciocínio espacial. Elas aprendem também algumas formas geométricas e as cores, ou seja, cria noções matemáticas de proporções e padrões. 

O lego estimula a criatividade e o pensamento, as crianças podem criar tudo o que quiserem e claro que vão errar, seu lindo castelo ou qualquer que seja sua construção, vai cair ou desmontar algumas vezes, assim criança vai começar a criar a habilidade de resolução de problemas. O famoso aprendendo com os erros, vai entender que não se pode colocar muito peso na parte de cima se a base não está bem estruturada, por exemplo. Montar com lego possibilita a criança a criar seu próprio mundo. 

Um fato interessante é que esse brinquedo tem sido implementado nas escolas desde o ensino fundamental 1, onde a criatividade, desenvolvimento social e emocional, introdução a linguagem e alfabetização, introdução a ciências e matemática, design e engenharia são explorados, até o ensino médio, onde a motorização, energias renováveis, física, matemática, conjunto pneumático, entre outros são vistos, tudo isso através do simples brinquedo de montar e desmontar.

 

O que fazer com blocos de montar? 

Os blocos lego para construção são um mundo de possibilidades, você pode construir o que quiser com os blocos, seja um castelo ou uma girafa. Tudo depende da imaginação da criança. 

Vários legos que já vem com um objetivo, mas não é necessário segui-lo, deixe seu filho explorar a imaginação dele. Existem também aqueles com várias pecinhas, mas esses são mais complicados e para crianças mais velhas e adultos. Peças temáticas que se o manual e o passo a passo forem seguidos corretamente, no final terão o formato de uma nave espacial por exemplo. 

Agora que você já sabe o que fazer com lego, o que são blocos de montar e alguns dos benefícios que esse brinquedo traz para o desenvolvimento das crianças, você deve estar se perguntando: onde comprar lego? 

Bom, é possível comprar lego em quase todas as lojas de brinquedo, hoje em dia você encontra os blocos de montar em qualquer lugar. É mais fácil de achar pela internet peças das mais diversas cores e tamanhos. 

sexta-feira, 26 de março de 2021

Cansaço físico e mental: o que é e como combater

O cansaço físico e mental é comum entre quem precisa realizar muitas tarefas no dia a dia, principalmente as que exigem mais concentração, raciocínio rápido e força física.

Aqui, falamos sobre o cansaço físico e mental, indicando o que é, quais são seus principais sinais e como combatê-lo. Confira e saiba como lidar com esse problema! 

pessoa demonstrando cansaço fisico e mental

O que é cansaço físico e mental?

Trata-se de um sintoma do sobrecarregamento do corpo, considerando funções físicas e mentais, sem um descanso reparador para restabelecê-las e recuperá-las.

O grande problema disso é que a pessoa pode chegar no seu limite, provocando distúrbios e doenças mais graves, que exigem um tempo maior de tratamento médico.

Entre eles, destaque à fadiga extrema, transtorno de ansiedade, síndrome de Burnout e depressão. Por isso, recomenda-se sempre adotar medidas que possibilitem proporcionar um descanso ao corpo, para restabelecimento de suas funções.

 

Sinais do cansaço físico e mental

Quem possui cansaço físico e mental geralmente não consegue identificar todos os sinais desse problema. Para facilitar isso, listamos os mais comuns, aqueles que acontecem com frequência no dia a dia. Confira:

 

Sensação de cansaço constantemente

A sensação constante de cansaço físico e mental é uma característica marcante. Muitas vezes, a pessoa se sente cansada assim que acorda, sem ter um descanso reparador.

 

Dor de cabeça

A dor de cabeça é um dos sintomas de cansaço físico e mental mais comuns. Normalmente, a pessoa sente uma dor pulsante em somente um lado da cabeça ou uma sensação de pressão. Muitas vezes, é acompanhada de náusea.

 

Dor pelo corpo

Quando o corpo está cansado e precisa de repouso para restabelecer suas funções, ele libera substâncias específicas, como a adrenalina, provocando uma contração muscular. É justamente aí que surge a dor.

 

Falta de concentração, memória e baixo rendimento

O sobrecarregamento do corpo e suas funções leva à falta de concentração, memória e baixo rendimento em atividades que antes você tinha alta produtividade. Isso ocorre porque o corpo está exausto e com pouca energia para conseguir fazer funções básicas.

 

Distúrbios do sono

O cansaço físico e mental provoca distúrbios do sono e algumas pessoas têm a sensação de que não dormem o suficiente. Esse problema é comum porque o cérebro não passa por todas as fases do sono para se restabelecer, ou seja, não há um descanso efetivo.

 

Irritabilidade

Pessoas que estão com cansaço físico e mental têm irritabilidade de forma constante. Não é para menos, afinal, o corpo está estressado e a pessoa se torna facilmente irritável com qualquer coisa, inclusive com atividades que antes tinha prazer em fazer.

 

Desmotivação e perda de prazer com atividades

Um sinal muito frequente de que a pessoa está cansada física e mentalmente é quando perde o prazer em realizar atividades que sempre gostou, deixando-as de lado.

 

Baixa no sistema imunológico

Quando o corpo não descansa adequadamente, o sistema imunológico fica desestabilizado. É por isso que doenças simples, como gripes e resfriados, se tornam mais frequentes.

 

Ansiedade

Pessoas com cansaço físico e mental normalmente apresentam sintomas de ansiedade, principalmente o de constante estresse, preocupação excessiva, sudorese, alteração na respiração e taquicardia, o que acaba por aumentar ainda mais a sensação de cansaço.

 

Como combater o cansaço físico e mental

Quem enfrenta esse problema sempre busca formas de como melhorar o cansaço físico e mental. Existem dicas que proporcionam excelentes resultados. Veja quais são:

 

Procure mudar hábitos de vida

O cansaço físico e mental normalmente está relacionado a hábitos de vida que exigem muito do corpo no dia a dia. Por isso, uma das formas de combatê-lo é mudar seus hábitos, inserindo rotinas que causem distração e prazer.

 

Priorize seu tempo de descanso

Descansar é fundamental para recompor as energias e garantir que seu corpo consiga realizar funções básicas corretamente. Por isso, priorize seu tempo de descanso, evitando trabalhar ou fazer outras obrigações além de um determinado horário.

 

Pratique exercícios

A prática de exercícios é perfeita para cansaço físico e mental, ajudando a eliminá-los. Isso ocorre porque durante o exercício o organismo produz substâncias que proporcionam bem-estar, efeito analgésico e relaxamento.

 

Alimente-se melhor

Quando está cansado física e mentalmente, é comum deixar a boa alimentação de lado. O problema disso é que o organismo deixa de receber energia e nutrientes essenciais para continuar funcionando, o que intensifica ainda mais o cansaço.

Por isso, não deixe se alimentar bem! O ideal é cortar a comida congelada, bem como industrializados, e priorizar os alimentos naturais como frutas, legumes, verduras, leite e seus derivados e carne magra.

Também existe a possibilidade de reforçar a ingestão de nutrientes ao investir em um suplemento para cansaço físico e mental, que é um produto que oferece minerais e vitaminas essenciais para o organismo, além de benefícios extras.

Ótimos exemplos são a Rhodiola Rosea (combate a fadiga, é estimulante cerebral e antidepressivo) e Goji Berry (rica em minerais, aminoácidos, antioxidantes e vitaminas para cansaço e fadiga).

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Porque eu deveria deletar meu Facebook? Veja aqui alguns motivos interessantes

É a resposta garantida que recebo dos leitores sempre que publico uma história crítica sobre o gigante das mídias sociais ao longo dos últimos anos, principalmente quando se precisa de motivos para como desativar Facebook.

Eu, entretanto, tenho resistido às chamadas para o #DeleteFacebook. Como repórter, seria difícil não acompanhar o que está acontecendo ali. Afinal, é a maior rede social do mundo, com bilhões de usuários ao redor do globo. Há também alguns parentes lá que eu ainda gosto.

Dito isto, também entendo e tenho mais empatia com o sentimento #DeleteFacebook do que nunca. A repulsa que muitos sentem em relação ao Facebook é inigualável entre os grandes titãs da tecnologia.

Mas não é injustificada.


Violações de privacidade de dados, políticas bizarras de anúncios políticos e uma multidão de outras decisões comerciais questionáveis levaram a esta aversão visceral pelo Facebook. 

Sim, outros grandes players da tecnologia - Google, Apple, Twitter e Amazon - todos têm problemas, mas parece que o Facebook está intrinsecamente ligado a suas falhas de uma forma que essas empresas não estão. O YouTube ainda é um lugar para seguir seus criadores de vídeo favoritos apesar dos problemas com seu algoritmo de recomendação; e o Twitter ainda é o lugar para receber suas notícias, apesar de dar um passe para a retórica quebradora de termos do Trump.

Ao contrário do Facebook, no entanto, a utilidade que estas empresas oferecem aos usuários supera a maioria das deficiências e das fraquezas públicas. 

O Facebook, então, parece ser definido por seus problemas - e por uma boa razão também! Quando se trata da rede social, não é um caso isolado de mau tratamento de dados de usuários ou uma única política ruim... é que a empresa tem repetidamente feito o mal uso de dados de usuários. Ela tem tomado continuamente más decisões políticas, e até se omitiu sobre elas quando criticada por especialistas e pelo público em geral. Algumas das questões mais prementes do Facebook têm sido um problema durante a maior parte dos últimos dez anos!

Portanto, quando 2019 chegar ao fim, terminando nossa primeira década inteira com o conglomerado de mídia social fundado por Mark Zuckerberg, aqui estão algumas razões pelas quais você pode querer excluir sua conta no Facebook

O propósito original do Facebook está morto

Antes do Facebook ser uma rede social, era o FaceMash, uma versão do Hot or Not da Ivy League, onde os usuários podiam avaliar os estudantes com base no quão fisicamente atraentes eles eram. Isso mesmo, o primeiro balanço de Zuckerberg em conectar o mundo foi realmente apenas um esforço para reforçar sua popularidade no campus de Harvard e engatar garotas. 

De qualquer forma, Zuckerberg então se empenhou em criar uma rede social centrada no estudante universitário, conhecida como "the facebook", que pouco depois se transformou no Facebook como o conhecemos agora. Quando o Facebook ficou conhecido para o mundo fora da elite, estudantes universitários com dinheiro, seu principal objetivo era como uma plataforma para se conectar com amigos e parentes com os quais você não tinha contato. 

Para colocar seu crescimento em perspectiva, considere que no final de 2004 - o ano da fundação da empresa - ela tinha cerca de 1 milhão de usuários. Hoje, o Facebook conta com uma base de usuários de mais de 2 bilhões em todo o mundo.